De forma simples e direta, as glosas são uma falha na comunicação entre as instituições – sejam hospitais, clínicas, casas de repouso, empresas de home care – e os planos de saúde.

Esse problema afeta diretamente o faturamento das empresas de saúde, além de gerar conflitos, perda de tempo e aumento dos custos. No entanto, a ocorrência de glosas pode ser resolvida com treinamento adequado da equipe e o uso da tecnologia.

Entenda o que são glosas e como evitá-las no dia a dia da sua empresa de saúde.

O que são glosas?

Antes de mais nada, precisamos entender o que são as glosas e porque elas são causadas.

Chamamos de glosas a falta de pagamento das operadoras de saúde por serviços prestados em instituições, tais como internações, exames, medicamentos, atendimentos, entre outros.

Isso ocorre quando o prestador (hospital, clínica, casa de repouso, home care) não faz a cobrança da forma correta, indicando valores acima ou abaixo das tabelas praticadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Esse erro acarreta em prejuízos para a empresa, visto que os convênios analisam as solicitações, repassam o valor dos atendimentos e glosam os valores que não são compatíveis.

As glosas também ocorrem devido a:

  • Informações de codificação TUSS incorretas;
  • Cobrança de recursos que não foram autorizados previamente pela operadora, como locação de equipamentos, recargas de gases medicinais, consultas;
  • Sessões de profissionais que não foram autorizados ou executados com quantidade maior ou menor do que o acordado.

Existem vários outros fatores que culminam no surgimento das glosas, partindo de diferentes departamentos das empresas de saúde.

Tipos de glosas

Conforme dito anteriormente, as glosas podem ser causadas por diversos motivos, com origem nos setores administrativos, por erros na obtenção de dados e no faturamento dos serviços, ou de origem técnica.

Dentre esses aspectos, podemos elencar três tipos de glosas:

  • Glosa Administrativa
  • Glosa Técnica
  • Glosa Linear

Glosa Administrativa

Esse tipo de glosa ocorre por conta de erros no preenchimento dos dados do paciente, bem como digitação incompleta ou em desconformidade com as informações das operadoras.

Essas falhas operacionais são comuns e, de certa forma, simples de resolver, pois necessitam apenas da correção dos dados e informações no sistema.

Por exemplo, quando há uma cirurgia eletiva, em que a guia de autorização é fornecida antes da realização do procedimento. Nesses casos, a cirurgia não é liberada pelo plano de saúde sem que todos os dados estejam em conformidade.

Outras causas para glosas administrativas são:

  • falhas de comunicação entre prestadores de serviço e planos de saúde;
  • ausência de documentos para o registro das guias de autorização médico-hospitalares;
  • valores não acordados com a operadora de saúde.

Glosa técnica

Realização de procedimentos sem prescrição médica, prontuários incompletos ou erros na dispensação de medicamentos podem causar glosa técnica.

Em outras palavras, esse tipo de glosa diz respeito ao serviço prestado ao paciente e pela falta de informações ao executar os atendimentos.

Quando essa fatura é glosada pela operadora, é preciso fazer uma auditoria técnica para revisar os procedimentos incorretos. Esse tipo de glosa pode ocorrer tanto no ambiente hospitalar, geralmente durante as internações, quanto em empresas de Home Care, quando ocorrem dispensações que diferem das checagens de prescrição em uma auditoria.

Glosa linear

Esse é o tipo de glosa que ocorre com maior frequência. Um exemplo desta prática é quando as operadoras questionam os valores de medicamentos e materiais que estejam acima dos valores praticados pelo mercado. Uma forma de evitar esse problema é trabalhar com um sistema de gestão integrado, capaz de analisar e pré auditar o faturamento antes que a glosa aconteça.

Impactos das glosas em instituições de saúde

As glosas estão diretamente ligadas a processos manuais. Conforme os erros vão aumentando, as glosas também se elevam, prejudicando drasticamente o faturamento e a reputação da empresa.

Ou seja, um simples erro no preenchimento das informações do paciente pode causar um grande transtorno tanto para a instituição, quanto para as operadoras de saúde.

Ao mesmo tempo que a grande incidência de glosas prejudica financeiramente o prestador de serviço, para as operadoras o trabalho se torna oneroso e improdutivo para os auditores. Retrabalho, ineficiência nas entregas e risco de erros nos pagamentos são apenas algumas das consequências possíveis.

A melhor forma de acabar com esse desgaste é monitorar todos os processos, desde a autorização para entrada do paciente, até a auditoria de contas médicas pela operadora.

Como prevenir o surgimento de glosas

Prevenir o surgimento de glosas não precisa ser algo complicado, basta estar atento aos processos e tomar algumas atitudes simples:

  • Treinar bem os funcionários;
  • Realizar auditorias internas regularmente;
  • Acompanhar de perto as atualizações da ANS;
  • Utilizar um prontuário eletrônico;
  • Trabalhar com um sistema de gestão integrado.

Isso quer dizer que os gestores de empresas de saúde precisam ter um controle rigoroso dos processos, principalmente em se tratando de autorizações junto aos planos de saúde.

Contar com soluções automatizadas traz mais segurança para essas atividades e evita pagamentos indevidos. As soluções IW, por exemplo, conseguem fazer uma análise minuciosa de todo o processo de faturamento e geração do XML, a fim de sinalizar os pontos de atenção, antes que sejam enviados para as operadoras. 

Nossos sistemas são inteligentes e capazes de detectar atividades com informações inconsistentes, analisar as demandas, assim como apurar se todos os fluxos de trabalho estão de acordo com as premissas da ANS.

Contar com as nossas soluções significa ter uma poderosa ferramenta de gestão financeira que trará para sua empresa uma visão completa do que você de fato receberá e o que pode ser recuperado após uma glosa. Isso torna o processo mais produtivo e eficaz, tanto para a empresa de saúde, quanto para as operadoras.

Quer saber mais sobre como os sistemas IW podem ajudar na redução de glosas da sua instituição? Fale com nossos especialistas.