fbpx

Aprender quais são as 7 dicas para qualificar profissionalmente colaboradores do seu home care é fundamental. Bem como, esse é um belo diferencial competitivo e que agrega muito valor ao serviço que é prestado.

Enquanto você lê o texto, um paciente pode reclamar de um serviço prestado e busca por uma solução. A sua impressão do serviço pode ser positiva ou mesmo negativa, mas das duas formas é possível ter vantagens.

Se a opinião é positiva, indica que o home care atual está bem e deve manter o paciente. Por outro lado, quando a resposta é negativa, indica que se você qualificar profissionalmente o seu time pode aproveitar essa brecha.

Afinal, quais são as 7 dicas para qualificar profissionalmente os colaboradores do seu home care?

Responda com sinceridade: o que acontece quando um cliente não gosta de um serviço? A resposta óbvia é reclamar daquele serviço e correr até mesmo o risco de cancelar o que foi contratado, não é mesmo!?

Para evitar esse tipo de situação, é preciso qualificar profissionalmente o seu time de home care. Dessa forma, confira a seguir 7 dicas para que você consiga deixar os colaboradores sempre bem capacitados.

Ofereça treinamentos

Em primeiro lugar, é necessário oferecer treinamentos e o foco é qualificar profissionalmente os colaboradores. No entanto, vale destacar: é necessário ter critérios na hora de criar estratégias válidas para esse fato.

O foco é motivar e reter os talentos, ou seja, é necessário que cada treinamento seja voltado, também, para esse fato. Existem modalidades e treinamentos que podem ser feitos pela internet, de casa ou do trabalho.

A escolha depende diretamente do gestor e o mais importante é que ele saiba de um fato: os colaboradores devem participar. Na hora de definir se o time de home care fará de casa do ou trabalho, é que eles participam da escolha.

Invista na educação continuada

É primordial que todo processo de aprendizagem e capacitação de cada colaborador seja contínuo, constante e adaptado a necessidade da empresa. Em suma, é importante não se iludir com a busca por resultado logo.

Ao caminhar nessa direção, a verdade é que parcerias com universidades, prefeituras e instituições de ensino podem ser belas opções. É válido apenas que aqueles que ministrem os cursos procurem ter atenção nesses detalhes.

O segredo para qualificar profissionalmente os colaboradores passa por um detalhe em especial: enxergar na educação um caminho. Lembre-se: é preciso que todos os setores participem, e não apenas um ou outro.

Premie bons resultados e inovações

É fundamental saber, à primeira vista, o que vários gestores não entendem: a premiação pelo alto rendimento. Sendo assim, aquela visão de que todo colaborador deve ser remunerado e vai produzir o máximo, está errada.

As pessoas gostam de receber prêmios e reconhecimento, porém a gestão deve criar métricas para que isso aconteça. Seja pelo cumprimento de metas, resultados acima do esperado e até mesmo por dar ideias sobre temas.

Por exemplo: um enfermeiro deu uma ideia sobre uma nova marca de fralda geriátrica, que custa menos e tem mais qualidade. A recompensa do profissional poderia ser devido a ter sido aplicado essa dica e ter dado certo.

Seja o exemplo

Para que o time de trabalho se sinta sempre motivado e busque maior qualificação, é necessário ter bons líderes. Da mesma forma, a figura do líder é tida como um grande exemplo e passa a ser admirado pelos subordinados.

É essencial que esse sentimento seja puro e por isso que a liderança deve evitar de ser autoritária. Ao mesmo tempo, a gestão deve qualificar profissionalmente os potenciais líderes e focar a importância desse ato.

Se o time de trabalho não sente que a liderança está do seu lado, a realidade é que pode demonstrar muita desmotivação. A melhor opção é motivar a equipe e acredite: quanto mais elevado for, a produtividade tende a subir.

Dê feedback constante

Qualquer pessoa, antes de mais nada, gosta de ter o esforço e o trabalho feito reconhecidos, concorda comigo!? Ao mesmo tempo, é importante que a gestão saiba disso e procure valorizar o rendimento que cada um tem.

Se a meta é motivá-lo a ter uma capacitação saudável, uma forma eficiente é dar um feedback sobre o trabalho. Igualmente, é preciso que seja apenas frequente e sincero, podendo ser, também, positivos ou negativos.

Quando for necessário chamar atenção de algum colaborador, faça de forma profissional e sigilosa, evitando de fazer em público. Seja para elogiar ou fazer uma crítica, é preciso que seja feito da mesma maneira.

Compartilhe o conhecimento

Por mais que pareça que qualificar profissionalmente os colaboradores é possível apenas por treinamento, a realidade é outra. Do mesmo modo, existe o compartilhamento do capital intelectual e auxilia bastante as partes.

Embora exista dentro da empresa, a realidade é poucos gestores entendem esse fato e buscam capacitar os colaboradores. A descoberta e retenção de talentos não é positiva, prejudicando bastante a continuidade dos negócios.

O segredo está em investir em um canal eficiente de comunicação interna e precisa ser a mais eficiente possível. Logo após, também possibilita que o compartilhamento seja eficaz e auxilia a todos os subordinados saibam disso.

Acredite: essa estratégia é uma das melhores para qualificar profissionalmente os colaboradores internos. Juntamente com esse fato, é salutar apenas que a gestão saiba disso e procure colocar em prática.

Utilize a tecnologia na capacitação dos colaboradores

Por fim, é necessário entender um fato: a era atual é da tecnologia e do conhecimento, e não dá para fugir disso. Ou seja, é necessário trazer muitos cursos e permitir que todos tenham a vontade de aprender dentro de si.

Se os treinamentos forem úteis e de fácil assimilação, a realidade é que permite ser adaptado a qualquer nível institucional. Na hora de capacitar os seus colaboradores, procure prestar atenção nesses detalhes tão essenciais.

Uma dica importante é inserir todas as informações nos canais internos e que facilitem bastante o processo de comunicação. Ao ter atenção em todas essas questões, qualificar profissionalmente se tornará uma prática da gestão.